Como fazer a manutenção da grama sintética

Já pensou em ter um gramado bem verdinho o ano todo? E sem o trabalho de ter que aparar a grama? A grama sintética possibilita exatamente isso. É muito mais simples de cuidar, com um ótimo custo benefício!

Mas, apesar de ser mais simples do que o gramado natural, é necessário realizar a manutenção da grama sintética regularmente. Isso permite que a durabilidade do material seja muito maior. Além de garantir que a aparência do gramado e a vida útil das fibras fique muito melhor.

como-fazer-a-manutenção-da-grama-sintética

Sem esses cuidados, a durabilidade da sua grama sintética será menor. A aparência não será das melhores e você terá que fazer trocas muito mais regulares. Por isso, veja como fazer a manutenção da grama sintética:

 

Por que a manutenção do gramado é tão importante?

A manutenção da grama sintética é importante para garantir que o gramado esteja sempre bonito e, mantenha sua cor. Esse cuidado também aumenta a durabilidade do produto.

Diferente do gramado natural, não há necessidade de aparar a grama, aplicar fertilizantes ou fazer irrigação. Mas é preciso realizar a limpeza do mesmo para não prejudicar sua vida útil.

Esses cuidados permitem que o espaço permaneça limpo, sem perder as características originais das fibras. Além de garantir que a densidade do gramado fique uniforme e aplanada.

Com a manutenção periódica, é possível analisar e evitar o amassamento das fibras. Dessa forma, o seu gramado fica com uma aparência mais bonita por mais tempo.

Contudo, é importante ressaltar que os cuidados da grama sintética decorativa são um pouco diferentes dos cuidados com o gramado para futebol. Afinal, cada um possui suas características específicas que influenciam na sua instalação, utilização e durabilidade.

 

Manutenção da grama sintética decorativa

Os cuidados com esse material são bem menores do que com o gramado natural. Isso significa melhor utilização do tempo e também redução dos custos com produtos.

Basicamente, a manutenção da grama sintética decorativa consiste em 3 pontos importantes:

  • Água;
  • Sabão neutro;
  • Escovação.

 

A limpeza do material deve ser feita apenas com sabão neutro, água e escovação. Não é necessário fazer esse ritual com grande frequência, mas recomenda-se certa periodicidade. Principalmente se você tem animais de estimação ou costuma fazer festas ou churrascos nesse gramado.

Alguns produtos não devem ser usados em seu gramado sintético, pois esses itens podem danificar a fibra e/ou a base:

  • Produtos abrasivos;
  • Desinfetantes;
  • Escovas de metal;
  • Rastelo de ferro.

 

Evite também jogar cigarro e outras sujeiras no local onde a grama está instalada. Nestes casos, é preciso retirar esses itens antes da escovação. Se tiver animais e, eles fizeram suas necessidades na grama sintética, limpe o local retirando as fezes e em seguida, faça a escovação com água e sabão neutro.

 

Manutenção do gramado para futebol

Quando se cuida bem do gramado para futebol, até mesmo as condições do jogo ficam melhores. Para higienizar, é preciso lavar o gramado com frequência. Isso deve ser feito com água e sabão neutro.

Os cuidados envolvem a inspeção visual frequente, observando se há imperfeições ou outros problemas que exijam a troca de placas do gramado.

Os gramados esportivos podem sofrer com impacto. Apesar de serem reforçados e específicos para essa finalidade, pode acontecer alguns imprevistos.

Diferente dos gramados decorativos, a grama sintética para campo de futebol é feita com uma base emborrachada mais grossa. Isso diminui o impacto em uma queda durantes os jogos.

 

Cuidados com a instalação da grama sintética

Com uma boa instalação, a manutenção do gramado sintético fica muito mais simples. Além de garantir maior durabilidade do material.

O primeiro ponto é fazer o preparo do solo. A grama sintética pode ser instalada sobre a terra ou sobre o piso. Cada um tem uma técnica específica, mas em ambas é preciso remover todas as sujeiras, ervas daninhas e itens pontiagudos, como pedras ou galhos.

O ideal é que o local esteja o mais regular possível. Na terra, é comum usar o rolo compressor para isso.

Outro ponto importante é que o local precisa ser preparado adequadamente e, é fundamental que tenha escoamento de água. Caso contrário, durante as chuvas, a água pode ficar acumulada na grama, o que causa problemas futuros.

Como fazer a manutenção da grama sintética
Avalie!

Comentários